domingo, 26 de abril de 2009

Nilo de Abreu

O Prefeito Nilo de Abreu inaugurou uma nova fase na história olítico/administrativa do município sob a égide da democracia sucedendo ao Dr. Luiz domingos da silva, prefeito que fora nomeado em 1945 em substituição ao médico Durval Octávio Grossi.

Em sessão solene da câmara municipal realizada em 21 de dezembro de 1947 Nilo de Abreu, prefeito, e Dr. José Zeferino pires, vice-prefeito, assumiram o comando do município. Contavam com ampla maioria na câmara municipal empossada em 2 de dezembro de 1947 em sessão presidida pelo Dr. Lindolfo Paolielo, juiz de direito da comarca de Raul soares, quando tomaram posse os vereadores João Florêncio de Moraes, Moacyr Búbula, José da Silva Maia, Theodomiro Barbosa Nunes, Hildebrando Cyriaco de Assis, José Xavier de Barros Filho, Mário Vieira dos Anjos, Antônio da Costa Ribeiro, Dr. Hugo de Aquino Leão, Raimundo Antunes de Souza e José Moreira de Abreu. No decorrer da legislatura foram convocados os suplentes Cândido Gonçalves Vieira, em substituição ao vereador Raimundo Antunes de Souza; Dr. Mário Linhares Ribeiro, em virtude do falecimento do vereador Theodomiro Barbosa Nunes; João Lopes de matos, em conseqüência de período de licença do vereador José da Silva Maia e Joaquim Milagres Sobrinho, em substituição ao vereador licenciado Dr. Hugo de Aquino Leão. Durante toda a legislatura o presidente da câmara municipal foi o vereador João Florêncio de Moraes, e não por mero acaso, já que se tratava de um cidadão íntegro e de profundo espírito religioso e de solidariedade humana como atuante vicentino; Moacyr Búbula, foi o vice-presidente e José da Silva Maia, secretário. Os vereadores da oposição, cônscios de suas responsabilidades, colocaram sempre em primeiro lugar os altos interesses do município e da população. A administração de Nilo de Abreu foi toda ela pautada na honestidade e austeridade bem ao seu estilo de cidadão simples e de hábitos morigerados. Nesta administração foi adquirido terreno na Rua Camilo de Moura (Atual rua Dr. Gerardo Grossi), sendo construída no local, anos após, pelo prefeito Wilson Damião, a sede da prefeitura municipal de Raul soares.

A administração de Nilo de Abreu apresentou algumas turbulências de ordem política em conseqüência do período de aprendizado da nova forma de governo instaurado no país. Contudo, manteve a sua autoridade e linha de conduta até o fim de seu mandato.

Desiludido com a vida pública e decepcionado com a oposição extremada de antigos companheiros, sem razões plausíveis, afastou-se da atividade política transferindo-se para outra cidade. A exemplo do que ocorrera em sua permanência em Bicuíba serviu a população raul-soarense com zelo, competência e muita honestidade.

Como forma de homenageá-lo e guardar a sua lembrança o seu nome foram dado a uma das ruas de nossa cidade.

Tem lugar de destaque na galeria dos homens que deixaram a marca de seu trabalho em prol do desenvolvimento de nosso município.

Autoria: José Geraldo leal

Um comentário:

  1. Que bela iniciativa. Sou neta do Dr. Mário Linhares Ribeiro e fiquei feliz em ver que a história de Raul Soares está sendo preservada. Parabéns!

    ResponderExcluir