sábado, 25 de abril de 2009

Sotero Silveira de Souza


Durante mais de quatro décadas Sotero participou ativamente do processo político municipal.

Teve o seu nome lançado na vida pública pelo Dr. Gerardo Grossi, uma das grandes lideranças políticas de Raul Soares.

Com o apoio da coligação UDN / PR Sotero foi escolhido candidato a Vice – Prefeito na chapa ás eleições de 1962 que tinha Wilson Damião como candidato a Prefeito. Naquela época votava-se separadamente para prefeito e vice-prefeito. Demonstrando a sua pujança eleitoral a votação de Sotero quase se igualou á de Wilson. Sotero obteve 4.837 votos e Wilson 5.071 votos. Foi uma eleição memorável de vez que o Dr. Gerardo Grossi foi também eleito deputado estadual somando 4.975 votos em Raul Soares.

Nas eleições seguintes, em 1966, Sotero aliou-se aos seus adversários de 1962 e tendo Silvio Nogueira de Castro como candidato a Vice – Prefeito elegeu-se prefeito pela primeira vez.

A administração de Sotero procurou atender aos reclamos populares tornando-o por isso um dos políticos de maior prestígio em Raul Soares. A saúde e a habitação se constituíram em seus principais objetivos.

No pleito de 1970 apoiou de forma discreta a candidatura do vereador Wiron Francisco de Souza Xavier, dissidente da UDN, que disputou e perdeu a eleição para Wilson Damião.

Em 1982 Sotero se elegeu prefeito pela segunda vez. Exerceu o mandato durante seis anos.
Nas eleições de 1992 disputou novamente a eleição para prefeito sendo derrotado por José Constantino Gonçalves por uma escassa margem de votos.

Conquistou o terceiro mandato nas eleições de 1996 encerrando aí as suas disputas eleitorais.
Na vida privada Sotero foi farmacêutico exercendo com muita competência a nobre profissão.

Salvou vidas e minorou o sofrimento de muitos. Colaborou com o trabalho dos grandes médicos e amigos Dr. Durval Grossi, Dr. Ardim Rodrigues Costa e Dr. Wilson Elias Salomão. Ele costumava relatar verdadeiros milagres de que participou em intervenções cirúrgicas, como coadjuvante dos médicos dos quais merecia toda confiança.

Sotero foi poeta muito inspirado. Para muitos Sotero estaria muito mais ligado ao campo intelectual e no atendimento á saúde dos seus semelhantes do que á política.

Foi casado em primeiras núpcias com D. Maria de Lourdes Nogueira – D. Lourdinha – que lhe deu os filhos Maria Izabel, José Lúcio, Geraldo Elísio, Marília, Márcia e Soterinho. O seu espírito de solidariedade humana e de amor ao próximo, e de sua virtuosa companheira D. Lourdinha, levaram-nos á adoção de Gracinha.

Casou-se em segundas núpcias com D. Efigênia Maria Rodrigues (D. Efigeninha), uma grande companheira e amiga que lhe deu todo o apoio e assistência em momentos difíceis da vida.

Em verdade os acertos de Sotero na vida superaram de muito os eventuais erros cometidos.
Faleceu em 4 de abril de 2007 sendo o seu corpo levado por uma multidão de amigos e admiradores para sepultamento no cemitério comunitário de Raul Soares.

Autoria: José Geraldo Leal

Nenhum comentário:

Postar um comentário